Conurb vira autarquia e muda para Ittran

Funcionários continuarão trabalhando no Ittran - Foto: Divulgação
Funcionários continuarão trabalhando no Ittran - Foto: Divulgação

Foi aprovado na terça-feira (3), pela Câmara de Vereadores de Joinville, o projeto que transforma a Companhia de Desenvolvimento e Urbanização de Joinville (Conurb), em Instituto de Trânsito e Transporte (Ittran). O órgão muda do regime, passando de economia mista para autarquia.

“Agradeço ao Ministério Público pela contribuição no processo para que ajustássemos o projeto para legalidade, agradeço a Câmara e aos vereadores e a todos os funcionários da Conurb por terem contribuído para sensibilizar os vereadores da importância da empresa”, disse o diretor presidente da companhia, Ivo Vanderlinde.

Como Ittran, as ações de fiscalização irão continuar para garantir segurança e fluidez no trânsito. Além disso, diversas medidas como incentivo a educação no trânsito através da Escola Pública de Trânsito (Eptran), também serão intensificados.

Com a transformação para autarquia, além de garantir a legalidade, melhorias serão realizadas, dentre elas a economia anual de R$ 1 milhão, usados para melhorias no trânsito. Os 160 funcionários concursados continuarão prestando seus serviços ao Ittran.

Entre diversas atividades, cabe ao Instituto de Trânsito e Transporte garantir o cumprimento da legislação e normas de trânsito, proporcionando aos joinvilenses maior segurança e agilidade, atuar na educação para o trânsito através da Escola Pública de Trânsito, manter terminais rodoviários, administrar e fiscalizar praças, jardins e canteiros públicos da cidade, bem como os parques da cidade, mantendo esses locais acessíveis para o lazer da comunidade em geral, fiscalizar e orientar a construção de calçadas transformando cada vez mais, através dessa ação, Joinville numa cidade acessível.

Cabe também ao Ittran fiscalizar a comunicação visual e orientar os proprietários de empresas na maneira correta de fazer a publicidade, executar atividades de britagem reciclagem e destinação de resíduos da construção civil, fiscalizar a utilização de bens públicos de uso comum e autorizar o uso extraordinário, entre outras competências de âmbito administrativo. 

É importante também ressaltar que o Ittran deverá articular-se tanto com o Ippuj, Seinfra e com outros órgãos ou entidades do município, visando garantir uma ação integrada. O prefeito municipal será o supervisor das ações do Ittran.

Versão Clássica Versão Mobile